Mostrar el registro sencillo del ítem

Aplicação de cinzas residuais e de fibra de sisal na produção de argamassas e concretos: Revisão

dc.contributor
dc.contributor
dc.creatorIndara Soto Izquierdo
dc.creatorMarcio Antonio Ramalho; Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo (EESC/USP)
dc.date2014-11-08
dc.date.accessioned2017-05-25T22:50:26Z
dc.date.available2017-05-25T22:50:26Z
dc.date.issued2017-05-25
dc.identifierhttp://rcientificas.uninorte.edu.co/index.php/ingenieria/article/view/6167
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10584/6047
dc.descriptionThe industrial development linked to the growing addiction to consumption, obsession with fossil fuels, and general desire for short term profit, cause a certain insensitivity to more sustainable alternatives. The construction industry is a sector in which the incorporation of various types of waste presents as favorable. Three types of waste with different characteristics and origins have proved attractive and advantageous for many developing countries. They are incinerated municipal solid waste, bagasse ash from sugar-cane and sisal fiber. The aim of the paper was to realize a literature review of the characteristics, use and importance of these residues as application in construction. The interest in the re-use of these waste materials as raw material in mortar and concrete allows for proper disposal and minimizing the generation of waste, moreover, would no longer be the primary cause of problems relating to public health and the environment. Fortunately, there is a tendency among researchers to stimulate the search for new raw materials that come from cleaner and renewable sources. All studies referenced in the article showed the feasibility of using sisal fiber and residual ash for the manufacture of concrete and mortar.
dc.descriptionO desenvolvimento industrial, associado ao crescente vício de consumo, à obsessão pelos combustíveis fósseis, e o desejo massificado pelo lucro a curto prazo, causam uma certa insensibilidade à alternativas mais sustentáveis. A indústria da construção civil é um setor no qual a incorporação dos vários tipos de resíduos apresenta-se como favorável. Três tipos de resíduos com características e origens diferentes têm se mostrado atraentes e vantajosos para muitos países em desenvolvimento. Eles são resíduos sólidos urbanos incinerados, cinza do bagaço da cana-de-açúcar e fibra de sisal. O artigo apresenta como objetivo realizar uma revisão bibliográfica das características, uso e importância desses resíduos como aplicação na construção civil. O interesse na reutilização desses materiais rejeitáveis como matéria prima em argamassas e concretos permite uma destinação adequada e redução de sua geração, por outro lado, deixariam de ser causa primária dos problemas ligados à saúde pública e ao meio ambiente. Felizmente, verifica-se que maior é a tendência dos pesquisadores de estimular a busca de novas matérias-primas que sejam provenientes de fontes renováveis e menos poluentes. Todas as pesquisas referenciadas no artigo mostraram a viabilidade da utilização da fibra de sisal e das cinzas residuais para a fabricação de concretos e argamassas.     
dc.formattext/html
dc.formatapplication/pdf
dc.languagept
dc.publisherUniversidad del Norte
dc.sourceRevista Científica Ingeniería y Desarrollo.; Vol 32, No 2 (2014): Julio-Diciembre; 344-368
dc.sourceRevista Científica Ingeniería y Desarrollo; Vol 32, No 2 (2014): Julio-Diciembre; 344-368
dc.titleApplication of residual ash and sisal fiber in the production of mortar and concrete: Review
dc.titleAplicação de cinzas residuais e de fibra de sisal na produção de argamassas e concretos: Revisão
dc.type
dc.type


Ficheros en el ítem

FicherosTamañoFormatoVer

No hay ficheros asociados a este ítem.

Este ítem aparece en la(s) siguiente(s) colección(ones)

Mostrar el registro sencillo del ítem